logo da Quercus
Últimas notícias

.posts recentes

. DE VOLTA A PORTUGAL E ATÉ...

. MANDATO DE BALI - RESULTA...

. DE CEDÊNCIA EM CEDÊNCIA A...

. 5h00 Lisboa - A ssessão p...

. TRABALHOS INTERROMPIDOS E...

. NEGOCIAÇÕES PELA MADRUGAD...

. O MUNDO REQUER ACÇÃO

. CONFERÊNCIA DE BALI SEM A...

. AL GORE CRITICA EUA E APE...

. PORMENORES DE UMA CONFERÊ...

.Horas em Bali

Nusa Dua

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2007

DESATANDO O NÓ EM BALI

Ana Rita Antunes (Quercus em Bali)

 

A Quercus dá as boas-vindas aos ministros que hoje chegam a esta magnífica ilha. E apelamos para que não se deixem seduzir pelas lindas praias de areia branca. Há muito trabalho para fazer aqui e urgente.
 
Numa altura em que ainda há vários assuntos em fase de conclusão pelos negociadores de cada delegação, as mais importantes decisões ainda estão por tomar. Os negociadores esperam a linha estratégica política para poderem continuar as negociações. É necessária a presença dos ministros para conseguirmos os acordos necessários para o pós-2012.
 
As negociações do Mandato de Bali devem ter por base os melhores dados científicos disponíveis mais recentes. O Painel Intergovernamental para as Alterações Climáticas (IPCC em inglês) afirma no seu último relatório que para evitar uma perigosa alteração climática, a redução de emissões de Gases de Efeito de Estufa (GEE) dos países desenvolvidos tem de ser entre 25 e 40% até 2020, com base nas emissões de 1990 e o pico de emissões globais tem de ser atingido nos próximos 10 a 15, seguindo-se o declínio de emissões.
 
A acção urgente que a ciência requer não conseguiu ser integrada na performance dos negociadores, pelo menos esta madrugada:
 
  1. Entre os países que ratificaram o Protocolo de Quioto, no denominado grupo de trabalho Ad-hoc, foi chegada a uma versão de discussão quase consensual, ontem no 10º aniversário do Protocolo. Também no quadro do Protocolo, as organizações não governamentais de ambiente (ONGAs) estão à espera de uma versão para discussão para uma segunda revisão do importante Artigo 9º (a primeira foi em Nairobi no ano passado e não o chegou propriamente a ser). Esperamos que os ministros estejam ansiosos para fechar estes dois documentos até sexta-feira.
 
  1. As importantes negociações no âmbito da Convenção que pretendem levar a um mandato formal numa visão de longo-prazo, estavam ontem à noite com problemas. Para ajudar, a intervenção do presidente da Conferência, em vez de ser útil e clarificadora ajudou a aumentar a confusão nas negociações que duraram para lá das duas da manhã.
 
  1. O maior fracasso até agora de Bali está a ser a discussão à volta da tecnologia, que estão paradas depois da sessão paralela dos denominados órgãos subsidiários onde o grupo “Umbrella” (incluindo os países desenvolvidos não europeus como os EUA, Canadá e Japão) bloqueou um acordo e propôs adiar o assunto para 2008.
 
Não é isto irónico? Precisamente os países que argumentaram durante anos que a discussão sobre as alterações climáticas não se devia centrar na obrigação de redução de emissões, mas sim na cooperação tecnológica estão agora a recusar qualquer consideração séria acerca de um pacote tecnológico para integrar os trabalhos pós-2012.
 
Agora é com os Ministros: agarrar o pacote tecnológico e conseguir arrancar com um plano tecnológico para um mundo futuro sem carbono. A oferta feita na passada sexta-feira pelos países em desenvolvimento (G77 e China) foi a expressão de um genuíno interesse no desenvolvimento de um plano de transferência de tecnologia como plataforma central do pacote político. Com toda a franqueza necessária nestes momentos, achamos que um Mandato de Bali sem a componente tecnológica será muito pouco atractivo para os países com economias emergentes.
 
O mundo está de olho e Bali. Nenhum de nós poderá suportar um falhanço.
publicado por bali às 06:20
link do post | comentar | favorito
|

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds