logo da Quercus
Últimas notícias

.posts recentes

. DE VOLTA A PORTUGAL E ATÉ...

. MANDATO DE BALI - RESULTA...

. DE CEDÊNCIA EM CEDÊNCIA A...

. 5h00 Lisboa - A ssessão p...

. TRABALHOS INTERROMPIDOS E...

. NEGOCIAÇÕES PELA MADRUGAD...

. O MUNDO REQUER ACÇÃO

. CONFERÊNCIA DE BALI SEM A...

. AL GORE CRITICA EUA E APE...

. PORMENORES DE UMA CONFERÊ...

.Horas em Bali

Nusa Dua

.arquivos

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2007

AL GORE CRITICA EUA E APELA A VONTADE POLÍTICA PARA MANDATO DE BALI

Francisco Ferreira e Ana Rita Antunes (na conferência de Al Gore, em Bali)

 

19.40h em Bali – Centro de Conferências com uma das salas maiores completamente lotada e muitas centenas de pessoas a verem a intervenção pelos televisores em circuito fechado.
Al Gore desta vez não fez a sua apresentação habitual da “crise climática” com os habituais diapositivos a acompanhar. Foi um discurso improvisado onde o Presidente do Painel Intergovernamental das Alterações Climáticas, que em nome do Painel também recebeu o Prémio Nobel há três dias, também esteve presente.
Al Gore começou por mencionar que a realidade climática está a avançar mais depressa ainda do que a ciência vai prevendo, sendo que a passagem durante o Verão pelo Pólo Norte em termos de navegação pode já acontecer dentro de 5 a 7 anos. Falou do que está a acontecer em termos de alterações climática à volta do mundo, dizendo que o planeta “está com febre”. Mencionou a falta de acção da maioria dos políticos à escala global. Mencionou estar a falar como pai, avô, cidadão. Mas o mais importante foi sem dúvida o comentário político dizendo que o seu país era o principal responsável por obstruir as negociações em Bali (recebendo um enorme aplauso), apesar de não ser o único...
Disse que de Bali pode sair uma folha branca com uma nota de pé de página que tem de dizer que a folha tem de estar escrita até 2009. “Daqui a uns anos os EUA estarão onde não estão agora”. Mas apelou para não se olhar para os EUA apenas para a administração, mas para o Congresso, para o Senado, para alguns Estados e para muitos municípios. “Daqui a 1 ano e 40 dias haverá eleições”. As posições de quem vencer podem ser ligeiramente diferentes mas serão sempre outras que as da actual administração. Mencionou o fundo de adaptação e a transferência de tecnologia como prioridades; do evitar da desflorestação. No que respeita às metas de redução, apelou a uma antecipação em dois anos para entrada em vigor das novas regras a definir até Copenhaga em 2010 e não a partir de 2012.`
Al Gore considerou que de Bali tem de sair um forte mandato e mencionou o exemplo da mudança de Governo na Austrália e a adesão do país ao Protocolo de Quioto recentemente anunciada (fortes aplausos).
Numa sala com muitos americanos, apelou ao facto das alterações climáticas serem uma “questão moral” e deu o exemplo habitualmente presente nas suas conferências e também no seu filme “Uma Verdade Inconveniente” e que foi o desafio do Plano Marshall. Mais que uma questão política é uma questão moral e humanitária de salvaguarda do planeta que diz respeito a todos. É preciso que os países desenvolvidos recorram a capacidade de agir que habitualmente é mencionada para os países em desenvolvimento.
Al Gore considerou que o futuro após a Conferência de Bali é difícil – não há caminho de Bali a Copenhaga a não ser que o construamos, mas as próximas gerações exigem-no. Mais uma vez repetiu a mensagem principal – é preciso vontade política e essa é um recurso renovável. (20.30h, hora de Bali, 12.30h em Portugal)
publicado por bali às 12:18
link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De alcacovas a 13 de Dezembro de 2007 às 19:42
Vou seguindo o que se passa em Bali, com algum desânimo perante a atitude de alguns dos grandes poluidores.
Nomeadamente os EUA, país que admiro, em muitos aspectos, mas que tambem me desilude em matérias como esta.
Falta pouco mais de que um ano para haver eleições nos EUA. Esperemos que muita coisa mude nesta questão das alterações climáticas.
E, a propósito, gostaria de conhecer as posições dos principais candidatos à presidência dos EUA.

André Correia

Comentar post

.Dezembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.tags

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds